Os sistemas de pedágio registram o acesso veicular e a arrecadação em rodovias. Cada veículo é detectado assim que passa através da estação de detecção empregando tecnologia de identificação por rádio freqüência.
As operações de cobrança dos trânsitos são automatizadas graças ao uso de tecnologia inovadora de integração de sistemas.
O veículo do usuário circula pelas rodovias com um dispositivo TAG aderido, cujo circuito possui uma antena e uma série de componentes que servem para modular em FSK o sinal proveniente do leitor localizado na estação, e gerar o código de identificação. A antena recebe sinais e reflete as mesmas em forma modulada.

Entre os benefícios que estes sistemas apresentam, temos a operação sem detenção a velocidades consideráveis, a redução do tráfico em entradas e saídas, maior segurança pessoal e que não requer máquinas distribuidoras de ticket nem cartões com faixas magnéticas.
Todo isto integrado em um Sistema Único de Gestão de Pedágios que abarca as tarefas de administração e liquidação dos mesmos aos usuários finais.